É importante frisar que a dependência química não tem cura, mas tem controle. Um processo de amadurecimento do paciente dependente em drogas.
O tratamento tem como proposta uma mudança total de estilo de vida e identidade. Baseada nos 12 passos das irmandades AA e NA, seguido do modelo Minnesota, que tem em sua essência uma abordagem espiritualista e não religiosa, comprovada mundialmente a mais de 70 anos.
A todo momento o paciente em reabilitação participa de atividades terapêuticas e reavalia sua condição auxiliado pela equipe técnica. O papel da equipe é de facilitador no processo, o paciente é o protagonista de seu tratamento.
Tem um período de 6 meses, podendo  estender-se até por mais 3 meses se necessário, dividido em etapas citadas abaixo:
*Nos dois primeiros meses: DESINTOXICAÇÃO.
*Do terceiro ao quarto mês: INTERIORIZAÇÃO.
*Do quinto ao sexto mês: RESSOCIALIZAÇÃO.
*Três meses complementares:
*Tempo complementar para os que já passaram pelo tratamento completo.

Ainda no que diz respeito o mesmo implica em intervenções terapêuticas especificas como: farmacoterapia psicoterapia (individual, em grupos e familiar), as terapias ocupacionais e cognitivo-comportamentais, além dos grupos de autoajuda. É necessário apontar que atendimento aos dependentes químicos envolve dois aspectos centrais:
1-    A desintoxicação com a finalidade de retirada da droga e seus efeitos
2-    A manutenção, ou seja, a reorganização da vida do individuo sem o uso da droga.

O trabalho com família é considerado de importância vital para a evolução do tratamento, pois na dependência química a família também adoece. Um dos fatores de gênese da dependência química é a desestrutura familiar. Além disso, em nossa estrutura terapêutica, abrimos a oportunidade aos familiares de participar ativamente no tratamento de sua pessoa querida, através da visita coletiva (que acontece no segundo domingo de cada mês) onde são realizada palestras e orientações para os familiares.

Na nossa Unidade oferecemos:

Atendimento médico-psiquiatra;
Atendimento psicológico individual e grupal;
Dinâmica de grupo;
Programa dos 12 passos;
Laborterapia;
Terapia ocupacional;
Atividade esportiva;
Grupos informativos;
Espiritualidade;
Plano de Prevenção a Recaída;
Terapia Racional Emotiva;
Terapia Cognitiva Comportamental;
Acompanhamento Terapêutico;
Lazer.